Regras de Separação
Recomendações:
  • Escorra e despeje todo o conteúdo das embalagens;

  • Quando possível, espalme as embalagens para ocuparem menos espaço em casa, facilitar o seu transporte e diminuir o número de deslocações ao ecoponto;

  • Para evitar maus cheiros pode passar por água algumas embalagens;

  • Deposite no ecoponto o saco que usou para transportar as embalagens usadas.


Vidro


Madeira






Papel / Cartão


REEE






Plástico


Pilhas e Acumuladores






Metal





Vidro



Depositar


Não Depositar
 
- Garrafões
- Garrafas de água e sumos
- Garrafas de azeite
- Frascos de doce
- Boiões (sem tampa)
- Frascos de azeitonas e pickles
- Garrafas de vinho e cerveja
- Frascos de Perfume
- Materiais de construção civil
- Pratos
- Janelas, vidraças, espelhos
- Lâmpadas
- Chávenas
- Jarras
- Cristais
- Copos
- Embalagens de medicamentos

Papel/Cartão



Depositar


Não Depositar
 
- Caixas de cereais
- Papel de escrita
- Envelopes (não é preciso tirar janelas)
- Caixas de bolachas
- Cintas de packs de garrafas
- Papéis de impressão
- Papel de embrulho
- Caixas de cartão de ovos
- Listas telefónicas
- Cartas
- Sacos de pão de papel
- Sacos de comida para animais
- Caixas de pizza (sem gordura)
- Papel autocolante
- Sacos de Cimento
- Papel Plastificado
- Toalhetes e fraldas
- Papel de alumínio
- Lenços de papel sujos
- Embalagens de cartão com gordura
- Papel de cozinha e guardanapos sujos
- Embalagens de produtos químicos

Plástico



Depositar


Não Depositar
 
- Garrafas e garrafões de água
- Garrafas de óleos alimentares
- Embalagens de margarinas e manteigas
- Garrafas de sumos
- Sacos de plástico
- Bisnagas de ketchup e mostarda
- Garrafas de vinagre
- Esferovite
- Garrafas de lixívia
- Vasos de plástico
- Embalagens de detergentes e produtos de higiene
- Frascos de champô
- Garrafões de óleo de motor
- Embalagens de iogurtes líquidos e sólidos
- Filmes de plástico
- Embalagens de batatas fritas e aperitivos
- Sacos de ráfia (batata e cebola)
- Cabides de plástico
- Copos de plástico
- Tampas de plástico
- Embalagens ECAL*
- Pacotes de leite, vinho, sumos, natas, polpa de tomate, etc.
*embalagens de cartão para alimentos líquidos
- Garrafões de combustível
- Baldes
- Canetas
- Cd´s e DVD´s
- Cassetes de vídeo
- Talheres de plástico
- Rolhas de cortiça
- Plásticos não embalagem

Metal



Depositar


Não Depositar
 
- Latas de bebidas
- Tubos metálicos de pasta dos dentes
- Latas de conserva
- Caricas
- Embalagens metalizadas de batatas fritas e de aperitivos
- Tabuleiros de alumínio
- Aerossóis vazios
- Tampas metálicas de champanhe
- Latas de leite condensado e de fruta
- Latas de leite em pó
- Eletrodomésticos
- Pilhas e baterias
- Tachos e panelas
- Ferramentas
- Talheres de metal

Madeira

Os resíduos de embalagens de madeira deverão ser depositados pelos consumidores nos ecocentros.


Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE)

Os REEE são Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, o que engloba aparelhos tão diversos que vão desde os eletrodomésticos até aos equipamentos de informática e telecomunicações, e inclui todos os seus componentes e consumíveis no momento em que estes são rejeitados, como por exemplo, baterias e tinteiros, basicamente, todos os equipamentos que necessitam de energia elétrica para funcionar, seja ela através de pilhas, baterias ou ligados á corrente elétrica.

Os cidadãos têm à sua disposição duas opções para se desfazer de REEE:
1. Entrega direta e gratuita no Centro de Receção ou no Ecocentro;
  • Centro de Receção de REEE
  • Aterro Sanitário de Penafiel - Serra da Boneca, Rio Mau, Penafiel T: 255 600 150
  • Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8:30h às 12:30h e das 14:00h às 17:00h.
  • Aqui os REEE são separados por tipos de equipamentos, colocados em paletes envolvidas em filme plástico e encaminhados para Unidades de Tratamento e Valorização através da Amb3E.
2. Entrega gratuita nas lojas, na compra de equipamento equivalente

Pilhas e Acumuladores

As pilhas devem ser depositadas nos pilhões. Os acumuladores devem ser depositados nos ecocentros.

Fontes: www.pontoverde.pt | www.apambiente.pt