Notícias
Reforço da Recolha Selectiva
No âmbito da candidatura aprovada pelo POSEUR para Reforço da Recolha Seletiva estava prevista a densificação da rede de ecopontos existente no Vale do Sousa, contribuindo desta forma para o aumento do grau de cobertura da população. 

Prevê-se desta forma evoluir faseadamente dos atuais 1.000 ecopontos existentes para 1.461 unidades. Este incremento de 461 ecopontos, que serão distribuídos pelos 6 municípios do Vale do Sousa, permitirá melhorar a acessibilidade ao serviço de recolha seletiva e subsequentemente o aumento dos quantitativos recolhidos seletivamente.

Sem a densificação da atual rede de ecopontos e as melhorias previstas nos centros de triagem não será possível o cumprimento das metas fixadas para a Ambisousa, entre as quais a meta de retomas de recolha seletiva que, no ano de 2020, deverá ser de 32 kg per capita por ano. 
De realçar que em 2017 as retomas de recolha seletiva resultaram em 23 kg per capita por ano, o que envolve um esforço adicional de 9 kg per capita por ano. Este esfoço poderá ser mais facilitado com a disponibilização à população destes 461 novos ecopontos, traduzindo-se numa maior proximidade às habitações e perspetivando uma maior separação multimaterial.

A distribuição dos 461 ecopontos pelos vários municípios da Ambisousa obedeceu integralmente às expetativas e solicitações destes, estando o nº de equipamentos inscritos nos seus PAPERSU municipais (Planos de Ação para o Plano Estratégico dos Resíduos Sólidos Urbanos). 

Assim, após o lançamento de um concurso público para a aquisição de 461 ecopontos à Ambisousa, prevê-se, ao longo de 25 semanas, a entrega faseada de 75 ecopontos em Felgueiras, 150 em Lousada, 90 em Paços de Ferreira, 24 em Castelo de Paiva, 78 em Paredes e 44 em Penafiel. 
Neste momento, encontram-se já distribuídos um total de 196 ecopontos, cerca de 43% do total de equipamento.  

2018-02-12